20/08/2015

Tenha sempre o seu próprio foco


Problemas no geral nunca devem ser encarados como um obstáculo a mais, e sim como uma fonte de experiência. O problema é que muitas vezes as pessoas pensam que os problemas são feitos somente para elas, e se perguntam: porque só comigo? Não pense desta forma. Os problemas estão aí para cada um. Você não é melhor nem pior que ninguém. Muito menos o primeiro ou o ultimo a passar por uma situação em que algo ou alguém vai te deixar de coração acelerado e de cabelo em pé. As vezes até as suas próprias atitudes podem te levar a esse lado da vida. Um simples passo na hora errada, uma simples palavra interpretada de mal gosto pode simplesmente acabar com o seu dia.

Os problemas são para todos. Mas cabe a você decidir como enfrenta-los. Você não pode simplesmente achar que sentar e esperar passar é a melhor decisão. Como também não pode dar uma de super herói e querer resolver os seus problemas, e os de todos a sua volta. É só questão de parar e pensar em como resolver. No momento da adrenalina por menor que o problema possa ser ela vai estar presente, mas é aí que entra o auto-controle, onde você se controla e pensa mesmo que em milésimos de segundos em uma solução que resolva aquilo tudo. É só questão de pensar, refletir, avaliar e só depois por em prática.


Com as pessoas não é tão diferente assim. Você pode muito bem independente da faixa de idade, ainda acreditar que a convivência com seus pais pode ser algo meio que desafiador. E é sim. Para muitos por aí a forma como eles podem te repreender é algo que não vai ser processado pelo seu cérebro como uma ajuda para o futuro, e sim como uma barreira para os seus prazeres. Na adolescência isso pode ser ainda pior. Porque é aí que entram as amizades. Você encontrará pelo mundo várias pessoas que foram criadas de formas diferentes. Então sempre vai ter aquele ou aquela pessoa que é um tanto que "livre" em relação aos pais. Daí você pensa: é, bem que meus pais poderiam ser assim também. Mas esse não é o modo certo de se pensar.

Comece por analisar o que você tem feito ultimamente. Daí você pensa na outra pessoa em questão, e obtêm informações de como ela age no dia-a-dia. E veja a diferença se realmente ela é tão "livre" como você pensa, ou na verdade é você que não está seguindo  o caminho certo. Os pais podem ser exigentes? Sim! Mas cabe a você provar pra eles que é de confiança, assim eles não vão ficar tão preocupados em relação a você fazer certas coisas. Pelo contrário. Agindo dessa forma você vai perceber que com o tempo eles vão ver que você está amadurecendo, e até chegar a hora de uma decisão sua, ao invés de ser repreendida, eles podem até te apoiar.


Encontrei ao meu redor pessoas que pensam de formas diferentes. Cada uma com sua importância na vida, cada uma com seu jeito de ser e de viver. A maneira como agem me despertou uma curiosidade a respeito de não sermos iguais. Pode parecer meio clichê esse assunto mas é bem interessante. Pois já pensou se todos tivéssemos os mesmos gostos. Seria automaticamente uma bagunça total. É pra isso de existe as opiniões próprias. Elas que muitas vezes nos revela quem realmente somos tanto pra nós mesmos como para todos ao nosso redor.

Não podemos simplesmente atacar a todos com argumentos, acusações etc. Temos que respeitar, o que cada um gosta e como gosta. Com gostos iguais não teríamos as diferenças das quais nos faz ser quem somos, afinal você não pode simplesmente fazer uma modelo, trabalhar com gastronomia, até porque eu prezo pelo direito de trabalhar no que quer e gosta e se sentir bem. Fazer com que todos ou uma maioria goste dos mesmos gostos sem restrições é como se você quisesse perder o que mais nos torna diferentes um dos outros. As culturas mundiais. A cultura sim é uma prova viva de que nada é igual, mas tudo tem algo de agradável e bom, por diferente que seja, pra nos oferecer.

4 comentários:

  1. Esse texto ficou incrível! Você escreve muito bem, omg!
    As diferenças existem e elas tem que continuar sempre existindo. Nos deixam mais ricos já que entramos em contato com diferentes formas de pensar diariamente. O importante é não fugir da nossa essencia!

    Adorei!! E agora que eu vi que to no seu blogroll, MUITO OBRIGADA!! ^.^ Fiquei super feliz!
    Super beijo!
    www.vitaminatrendy.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Au ♥ Minha linda muito obrigado pelas palavras. Você está sim, eu amo seu blog. Beijos! ♥

      Excluir
  2. Parabéns pelo seu texto, ele me fez refletir.
    Beijos

    http://beingasunshine.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado, que bom que gostou. Beijos! ♥

      Excluir

◘ Os comentários são todos moderados, assim antes deles serem exibidos eu poderei ler todos eles.

◘ Você poderá comentar com NOME e URL, basta clicar no botão "comentar como" e em seguida clicar em "Nome/URL" preencha os campos e digite seu texto.

◘ Deixe o link do seu blog ao final do comentário. Obrigado!

© Sorriso de vida - 2015 - 2017. Todos os direitos reservados. Criado por: Adeeh Mello. Mande todo seu carinho: Contato.