29/09/2015

Livro: O lado bom da vida - Matthew Quick

ISBN-13: 9788580572773 ISBN-10: 8580572770 Ano: 2013 / Páginas: 256 Idioma: português Editora: Intrínseca
O livro é muito bom, conta a história de Pat Peoples, um ex-professor que após sair de um hospital psiquiátrico, ele se integra totalmente e até mentalmente numa futura reconciliação que ele acredita com sua ex-esposa Nikki. Mas isso não está dando muito certo, Pat decide fazer tudo aquilo que antes quando eles ainda eram casados não fazia, só pra agradar a Nikki, que nem está próxima dele. Nikki gosta de homens com peitoral forte, então lá vai Pat malhar feito um louco, ela também gosta de homens que leem livros de literatura, então lá vai Pat pedir para que sua mãe o traga vários livros de literatura e ele os devora. Tudo o que ele faz é pensando nessa futura reconciliação. Só que eu pude perceber que ao se integrar nesse pensamento que ele nem tem certeza se vai realmente acontecer, ele passa a ser uma pessoa que na verdade ele não é, fazendo coisas que normalmente ele não faria. Aos poucos conversando com seus pais e amigos, ele vai percebendo que ficou fora por um bom tempo e perdeu muita coisa aqui fora, e um de seus refúgios em tempos de irritação, é ir ao porão e malhar bem pesado. A pessoa que mais o apoia e até impressiona ao próprio Pat, é o seu terapeuta o Cliff que apesar de ser só um terapeuta acaba virando um grande amigo.
Mas eu sei que às vezes as pessoas dizem e fazem o que pensam que os outros desejam que elas digam e façam. - Cliff


A mãe de Pat de certa forma o ajudou a sair do hospital, algo que ele chama de "lugar ruim", então ele praticamente faz tudo o que ela quer só pelo fato de achar que deve agradecimentos a ela por isso. Ela também se aproveita um pouco disso, chorando e fazendo birra toda vez que ele não deseja e não quer fazer algo, e final das contas ele acaba cedendo.
Mas quando mamãe diz "por favor", eu lembro que estou tentando ser gentil em vez de ter razão, e também que estou em dívida com a minha mãe porque ela me resgatou do lugar ruim, de modo que subo a escada e coloco o cinto de couro marrom que ela comprou pra mim no início da semana. - Pat

A vida de Pat Peoples começa a mudar aos poucos quando ele acaba conhecendo Tiffany, e logo quando se conhecem, eles não parecem muito amigáveis um com o outro não. Pelo contrário, Pat acha Tiffany um pouco estranha. Mas aos poucos vai conhecendo ela bem melhor. Em algumas partes do livro, você pode achar o momento muito bobo para os dois, e que eles poderiam ter uma amizade bem legal desde o início, só que mais pra frente você vai encaixando tudo e descobrindo muita coisa sobre os dois.
Eu sei que Tiffany é diferente da maioria das garotas mas também sei o que é estar separado de seu cônjuge, que é algo que Ronnie não entende. - Pat

Tem momentos no livro que Pat fica tão preocupado em fazer o que Nikki antes achava certo, mesmo sem nem saber onde ela está, que ele repete várias vezes que Nikki não gosta de algumas coisas porque tem que ser gentil. Que acabamos em algumas situações já sabendo o termino da frase de tanto que ela foi repetida. Mesmo se o autor nem completar a frase toda.
Sei que o torcedor do Giants foi um idiota por usar uma camiseta dos Giants em um jogo dos Eagles, e que foi culpa dele o fato de seu filho ter chorado, mas também sei que o que fizemos foi cruel, e esse é o tipo de comportamento que Nikki odeia, e que eu estou tentando... - Pat

O lado bom da vida conta uma história bem diferente, Pat Peoples após sair de um hospital psiquiátrico tenta a todo custo depois que sai, ser uma pessoa diferente do que era antes de tudo, acreditando que no final, sua esposa irá voltar para uma perfeita reconciliação. Eu não esperava que ele fosse ficar tão esperançoso em relação a isso, tinha certeza que antes da metade do livro quando ele percebesse que ela não estava com ele, ele aceitaria numa boa. Pat é um cara que na maioria das coisas que faz sempre terá a questão de: será que a Nikki faria o mesmo, ou acha isso certo? E muitas vezes por lembranças do passado ele deixa ou até se arrepende de cetos atos, só por perceber que antes Nikki não aprovava tal coisa feita. É um livro bem diferente e interessante, a única coisa que me fez achar ele cansativo é ter alguns capítulos que é quase ou todo o capítulo, é sobre alguns jogos que tiveram durante a história, pra quem não entende pode ser um pouco complicado interpretar, eu cheguei até a parar a leitura algumas vezes por conta disso, mas fora isso o livro é um show eu recomendo bastante. AVALIAÇÃO: ♥♥♥♥ (Bom)!


Sinopse: O Lado Bom da Vida - Pat Peoples, um ex-professor na casa dos 30 anos, acaba de sair de uma instituição psiquiátrica. Convencido de que passou apenas alguns meses naquele 'lugar ruim', Pat não se lembra do que o fez ir para lá. O que sabe é que Nikki, sua esposa, quis que ficassem um 'tempo separados'. Tentando recompor o quebra-cabeça de sua memória, agora repleta de lapsos, ele ainda precisa enfrentar uma realidade que não parece muito promissora. Com o pai se recusando a falar com ele, a esposa negando-se a aceitar revê-lo e os amigos evitando comentar o que aconteceu antes de sua internação, Pat, agora viciado em exercícios físicos, está determinado a reorganizar as coisas e reconquistar sua mulher, porque acredita em finais felizes e no lado bom da vida.

E você gostou do livro? Já leu? O que achou? Diz aí nos comentários! Beijos!

4 comentários:

  1. Tenho uma amiga que até gostou do filme mas não gostou tanto do livro, embora ele seja fininho, achou cansativo..
    Só de ler sua resenha dá uma pena no pobre Pat, tadinho, tentar viver de algum jeito só para agradar alguém não é o caminho :/
    Provavelmente darei uma chance a esse livro, pelo menos para ter uma opinião não é!?..
    beijos
    Ganurb

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só achei cansativo por ter muitos assuntos relacionados a jogos, atrapalha um pouco mas no geral recomendo que você dê uma chance sim, o livro é bem legal! ♥

      Excluir
  2. Ador resenhas mais cheinhas assim como a sua, da até gosto de ler! <3
    Eu nunca li o livro mas o filme eu assisti e gostei bastante! A J Law mereceu o oscar <3 <3

    Beijão!
    www.vitaminatrendy.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainda não assisti o filme :/ Mas pretendo assistir o quanto antes, que bom que gostou beijos ♥

      Excluir

◘ Os comentários são todos moderados, assim antes deles serem exibidos eu poderei ler todos eles.

◘ Você poderá comentar com NOME e URL, basta clicar no botão "comentar como" e em seguida clicar em "Nome/URL" preencha os campos e digite seu texto.

◘ Deixe o link do seu blog ao final do comentário. Obrigado!

© Sorriso de vida - 2015 - 2017. Todos os direitos reservados. Criado por: Adeeh Mello. Mande todo seu carinho: Contato.